8. itens domésticos que podem fazer com que seu WiFi funcione mal

21 de maio de 2020 0 30

Levante a mão se você nunca experimentou o estresse de uma péssima conexão com a Internet. Às vezes, o problema se origina nas configurações do roteador ou no mau serviço oferecido pela empresa contratada. Porém, na maioria das vezes, uma conexão Wi-Fi ruim surge devido a objetos ou móveis específicos que temos em casa e que são muito próximos do roteador ou de nossos computadores.

Criativo quer dizer quais itens são os principais inimigos do seu WiFi. Você encontrará dicas úteis no final do artigo que você pode usar para evitar encontrar uma conexão ruim, não perca!

1. Superfícies e móveis de metal

Metal é um condutor, o que significa que absorveeletricidade. Como o seu WiFi libera ondas eletromagnéticas, qualquer superfície ou objeto metálico em sua casa impedirá que as ondas se espalhem. Se você deseja que sua conexão à Internet funcione sem problemas, é necessário afastar o roteador do metal.

2. Paredes de tijolo e pedra

Alguns tipos de paredes interrompem seu sinal de WiFi. Entre os mais comunsmateriaisque impedem uma conexão confiável são mármore, cimento, concreto, gesso e tijolo. Isso explica por que, em casas de 2 andares, as pessoas geralmente experimentam uma conexão à Internet muito fraca em um dos andares. Para corrigir isso, coloque seu roteador em uma área aberta e longe de paredes.

3. Espelhos

O material que nos permite ver nosso reflexo no espelho também refleteo sinal liberado pelo roteador. Este objeto atua como um escudo, fazendo a conexão com a Internet saltar. Quando está perto do roteador, pode fazer com que a intensidade do sinal pareça mais lenta e instável.

4. Geladeiras e máquinas de lavar

Como regra geral, os aparelhos elétricos com tubos que circulam a água não são muito amigáveis ​​ao WiFi sinal. A água pode reter parte da energia das ondas sem fio, o que afeta negativamente a qualidade da conexão à Internet.

5. luzes de natal

Natal colorido luzestambém pode ser a causa de um sinal WiFi fraco em casa. Eles possuem chips brilhantes que geram um campo magnético que interage com as ondas elétricas emitidas pelo seu roteador. Em dezembro, tente manter seu roteador longe da sua árvore de Natal.

6. Monitores do bebê

Esses monitores geram uma freqüência de 2,4 GHz interferência, o mesmo que WiFi. Quando 2 ou mais dispositivos transmitem a mesma frequência, eles usam o ar para enviar seus dados em vez de transmitir ondas, como no caso de uma conexão sem fio. Embora os monitores infantis geralmente exijam uma conexão com a rede para funcionar corretamente, evite colocá-los muito perto do roteador.

7. Drones

Os drones também operam a 2,4 GHz, mas nem todos modelosgerar essa interferência. Tudo depende da quantidade de energia que cada modelo precisa para funcionar.

8. Microondas

Este é outro dispositivo que possui um espectro de frequências semelhante ao usado pelo WiFi. Se você tem o seuroteadorlocalizado próximo a um, levante-o para um local superior ao nível do microondas. Isso reduzirá substancialmente o efeito negativo que o microondas pode ter na conexão.

Bônus: Como melhorar sua conexão WiFi

Existem diferentes medidas que você pode tomar para melhorarsua conexão com a internet em casa. Lembre-se disso se encontrar regularmente um sinal ruim:

1. Com base nos itens listados acima, escolha um local adequado para colocar seu roteador.

2. Mantenha seu roteador atualizado.

3. Obtenha uma antena mais poderosa.

4. Criptografe seu WiFi e proteja-o com uma senha forte, que não pode ser adivinhada facilmente.

5. Compre um amplificador WiFi, também conhecido como extensor WiFi.

6. Tente usar apenas as tecnologias WiFi mais recentes e modernas.

7. As bandas operando a 5 GHz geralmente oferecem uma conexão muito mais rápida que outras, porque é um canal menos ocupado que a banda de 2,4 GHz.

8. Reinicialize o roteador, mesmo que pareça um clichê. Esta ação apagará sua memória e permitirá instalar atualizações.

Você costuma encontrar uma péssima conexão WiFi? Você tem algum outro conselho para adicionar à nossa lista? Conte-nos nos comentários!

web statistics